Saiba como escolher o seminovo ideal.

Saiba como escolher o seminovo ideal.

Dependendo da situação, comprar um caminhão usado pode ser uma alternativa tão boa quanto comprar um veículo zero quilômetro. Porém, para ser vantajoso e não ter prejuízos depois da compra, é necessário ter muita atenção em vários fatores, como por exemplo conhecer o histórico do veículo, as taxas e financiamento para a compra, e claro, o seu próprio orçamento. Confira abaixo as melhores dicas para você realizar essa escolha de forma mais consciente.

ORÇAMENTO

Antes de mais nada, decida o modelo, marca e ano do caminhão. Comece entendendo o segmento em que atua, afinal cada caminhão possui sua finalidade de uso, categoria e capacidade de carga, ou seja, faça uma escolha consciente e procure por modelos que sejam adequados às necessidades do seu negócio. Para isso, visite algumas concessionárias, converse com os vendedores e até mesmo com outros parceiros do ramo.

A partir daí, você poderá estipular o valor que será investido, e entender se a compra do veículo usado é mesmo a melhor opção.

PESQUISE! PESQUISE MUITO!

Comprar um caminhão, mesmo que usado, é um investimento muito alto. Por isso, é necessário pesquisar muito bem antes de realizá-lo.

Após decidir o modelo do caminhão e seu orçamento, realize pesquisas de preços. Você pode fazer isso acessando diversos sites de venda de veículos disponíveis e, claro, visitando concessionárias da sua região para conversar com os vendedores.

Mas, atenção! Não confie em valores milagrosos, pois grandes descontos ou preços muito baixos, podem mascarar problemas no caminhão, aumentando o custo extra de manutenção após a compra. Ah! E esse risco pode se tornar ainda maior ao optar por realizar a compra direto com o proprietário do veículo – prefira sempre a concessionária.

VÁ A UMA CONCESSIONÁRIA!

Realizar a compra de veículos seminovos em uma concessionária especializada traz mais segurança ao investimento, pois além de possuir uma grande variedade de modelos a venda, os vendedores poderão te ajudar a entender todo o histórico do veículo, garantindo que você adquira um caminhão  de melhor procedência. Ou seja, eles entendem se as manutenções do veículo estão em dia e se foram realizadas nas concessionárias do fabricante, garantindo mais originalidade.

Além disso, eles facilitam a forma de pagamento e te ajudam com toda a documentação necessária, verificando se o licenciamento está em dia, bem como o pagamento do IPVA, do seguro DPVAT e demais obrigatoriedades.

FAÇA UMA INSPEÇÃO!

Essa é a etapa que se deve prestar mais atenção, pois é quando encontramos os possíveis riscos do investimento. Antes de adquirir o veículo, é  preciso conhecer o histórico de revisões, das manutenções efetuadas, trocas de peças e quilometragem. Analisando tudo isso, você evita problemas futuros e, se caso optar por fechar o negócio com a concessionária, poderá ser coberto pela garantia do veículo.

Opte por realizar a inspeção durante o dia, dessa forma você poderá fazer uma análise mais segura e detalhada. Lembre-se de analisar:

  • Itens da parte externa do veículo, como lataria, para-choques, para-lamas, portas e vidros;
  • Itens mecânicos e peças, como o motor, suspensão, pneus, quinta roda, vazamentos e luzes;
  • O interior da cabine, como o assoalho (lembre-se de levantar os tapetes), o câmbio, volante, painel e estofados. O interior da cabine pode dizer muito sobre o cuidado do veículo como um todo.

Após analisar no detalhe o veículo, não se esqueça de realizar o teste drive e, se possível, com o caminhão carregado. Essa é a melhor maneira de analisar o desempenho e temperatura do motor, a precisão das trocas de marchas, se o eixo traseiro está em bom funcionamento e a precisão da saída de fumaça branca. Ah! E não esqueça de verificar se há vazamentos de óleo e água.

Seguindo essas dicas, conhecendo o veículo e procurando uma concessionárias de confiança, as chances de você comprar um veículo seminovo e ter melhores resultados no seu negócio, aumentam. No entanto, tão importante quanto ter esses cuidados antes de adquirir o veículo, é mantê-lo em dia com a manutenção preventiva ao longo da vida útil. Com isso, você garantirá uma melhor performance e maior valor de revenda.

Gostou desse artigo? Continue acompanhando  o Transporte Econômico para receber mais dicas como essa. Até mais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *